sexta-feira, 8 de maio de 2015

Pablo Neruda - Chile (1904-1973)



"Te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma."


Nenhum comentário: