quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Sandra de Sá...


"Existem duas de mim,
a louca e a santa.
Uma de nós vai dormir, a outra levanta.
Uma se olha no espelho, se cuida, 
se arruma, se apronta, sem saber que ela
é o avesso de outra mulher.
Uma é água cristalina,
outra é noite de verão.
Uma é só uma menina que não sabe dizer não.
Uma é anjo bom, a outra é cortesã.
Uma é fim de noite, a outra é luz da manhã.
Uma vai pro céu, outra não sei não.
Uma ajoelha no altar, outra pede perdão."

Nenhum comentário: