terça-feira, 30 de abril de 2013

Wendel Valadares...

"Oi.
Você está aí, do outro lado?
Queria lhe pedir um pouquinho de atenção. Pedir um pouco do seu tempo, pedir que se ocupe destas palavras que o meu coração resolveu improvisar. Precisei escrever pra dizer que hoje estou um pouco mais sensível, sentindo tudo por mais tempo, com mais força, com mais intensidade.


Queria lhe contar sobre a minha saudade. Pode me ouvir? Ou melhor, pode me sentir?

É que hoje estou me sentindo meio abandonado, meio sozinho. Sabe aqueles dias em que a gente se sente deslocado do mundo, pois é, hoje eu estou assim, distante de tudo, de mim principalmente. Não é que eu esteja de todo sozinho, tem um monte de gente perto de mim, o tempo todo, não é isso. Mas, quero lhe dizer dessa solidão que a gente sente, mesmo estando cercado de pessoas, uma certa solidão acompanhada. Então, é assim que eu estou me sentido.

Precisei lhe escrever porque imaginei que me desmanchando nas palavras, talvez eu encurtasse essa distância que ...nos leva embora um do outro. Talvez eu te trouxesse de volta. Talvez. [...]"

2 comentários:

Wendel Valadares disse...

Ah, que alegria encontrar minhas palavras abrigadas nessa casa tão bonita.

GRATIDÃO!!!

Vivian disse...

Olá Wendel...alegria é a minha de poder compartilhar(com todo crédito claro)sua linda poesia,seja sempre bem vindo e que bom que gostou do meu cantinho
Abraço! ;)