quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Estou tão triste...

..."Quem sou eu,assim tão triste?
Serei um sonho vivo?
Quem sabe uma quimera?
Que bom seria,acordaria,e ai...
Pronto!
Tudo certo,um novo dia,tomara...
Quem dera!!
Hoje não vi a noite
A Lua e algumas estrelas que para me animarem,
tenham se lançado...
cadentes...
Que me perdoem os céus,
mas tristeza é coisa doída,machuca,
nos deixa turva a visão e faz de nós mesmos...
AUSENTES.

(Julio Cesar Fialho Pires)

Nenhum comentário: