terça-feira, 21 de setembro de 2010

Não me surpreendo...



Não me surpreendo...


A surpresa é linda,
Quando é diferente,
Não repetitiva,
Não me surpreendo...
A vida é uma surpresa,
Mas, quando vivida,
Dignamente e com conteudo,
A mentira, o medo de...
Não me surprendo...
Quem não sabe o que quer,
Tudo perde,
O óbvio é complicado,
A rotina instala-se,
A confusão perdura,
É caótico o momento,
Não me surpreendo...
Tudo acaba sem fim,
Os valores perdem-se,
A confiança é nenhuma,
E tudo o vento leva,
É por tudo isto,
Que não me surpreendo...
(Manela)

Nenhum comentário: