terça-feira, 8 de junho de 2010

Se eu fosse uma rosa...


Ah...Se eu fosse uma rosa
seria uma rosa branca
distribuiria paz
receberia paz
e viveria entoando mantras
olhando pétalas brancas
trans-lúcidas
transcendem dimensões oníricas,líricas,brandas
Ah...Se eu fosse uma rosa
seria uma rosa amarela
para colocar na lapela
passear cheirando a cravo e canela
e,ainda,nas tardes de sábado
quase cheirando a perfume de noite
observaria a lua debruçada na janela
que bela
Ah...Se eu fosse uma rosa
seria uma rosa vermelha
e,em todos os cantos de cada canto do mundo
espalharia amor em telhados,telha por telha
preencheria de luz os becos escravos escuros imundos
juntaria vozes diversas em em tons de vida cantaríamos a divina centelha
dançaríamos ao som de cantos gregorianos,robertianos,herbertianos
aproveitaríamos os lúdicos pulos da pequena ovelha
Ah...mas se eu fosse uma rosa
seria
simples-mente
rosa
(Vania de Castro)

Um comentário:

Anônimo disse...

É DE MUITA CRIATIVIDADE E COM POSTAGENS LINDAS, INSPIRADORAS E VERDADEIRAS