quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Emille Kisar...


"Há dias em que sou ponto,
querendo encerrar coisas.
Em outros, vejo-me vírgula,
que a tudo tenta separar.
Tenho também meus 
momentos de dois pontos,
ao tentar enumerar
aquilo que me incomoda.
E quando sou travessão,
é para tirar os nós da garganta,
berrar, se for preciso.
A verdade é que em mim
cabem todas as pontuações.
Afinal, sou um texto diferente
a cada dia.
Um dizer que nunca se acaba."

Nenhum comentário: