terça-feira, 21 de outubro de 2014

"Amor próprio"



"Certas coisas é melhor esquecer, é melhor não lembrar, conforme for passando a dor passa e a memória vai apagando aos poucos.
Mas certas coisas são impossíveis de esquecer, de não lembrar, de não ter saudades.
Certas pessoas são como a escola, você está cheio mas precisa dela pra aprender algo, precisa dela para ser alguém mais forte, precisa para ter alguma lembrança boa na vida.
Mas certas pessoas não valem a pena o esforço, não vale a pena se dedicar e perder tempo.
Certas coisas e certas pessoas não dão nem saudades.
Mas a vida também é igual a escola, é um aprendizado novo todos os dias, e algum tipo de obstáculo no meio do caminho sempre vai ter.
Muita gente fala: "Sofre quem quer." Mas ninguém escolhe sofrer, ninguém escolhe se apaixonar e ninguém consegue controlar o coração, talvez fingir mas sofrer não é uma opção e sim algo que acontece na vida da gente, quando se apaixonamos ou amamos quem só nos faz mal.
O que é pra ser bom vira ruim, em vez de sorrir choramos, em vez de viver sobrevivemos, em vez de nos amar, amamos os outros mais do que nos amamos.
Temos que ter mais amor próprio e criar menos expectativas, viver mais e se apegar menos."

Nenhum comentário: