terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Osho...

"Sexo é tão importante porque é a fonte de toda a vida. É algo tão significante que, se você o reprimir, terá que reprimir também muitas outras coisas. Por exemplo, a pessoa que está sexualmente reprimida não conseguirá ser criativa, porque
 a criatividade em si é um tipo de atividade sexual.

Segundo o que eu tenho observado, se uma pessoa é completamente criativa, ela irá transcender o sexo sem reprimi-lo, porque sua própria energia terá se tornado criativa. Essa pessoa não vai precisar do sexo, embora também não vá tentar evitá-lo, ma a própria necessidade desaparecerá. Ela terá atingido um êxtase muito superior, e as coisas menos elevadas tendem a desaparecer quando você tem coisas mais elevadas em suas mãos.

Tente entender minha aritmética: nunca deixe de lado aquilo que é menos elevado, mas tente obter o mais elevado. Quando o mais alto for conquistado, o menos elevado tende a desaparecer por conta própria. E quando este desaparece em função
do que é mais elevado, então a vida se torna mais bela, mais saudável e completa.

Um verdadeiro poeta, enquanto produz, cria, compõe, se esquece completamente de sexo. Um verdadeiro escultor, concentrado em seu trabalho, se esquecerá completamente de sexo. Mesmo que uma mulher nua passe por perto, ele não irá olhar para ela, pois sua concentração está inteiramente voltada para sua criatividade. Um verdadeiro dançarino desaparece em sua dança: seu ego, seu sexo, tudo é dissolvido por sua dança.

Mas, se o sexo for reprimido, então acontecerá justamente o contrário: sua criatividade ficará reprimida, e uma criatividade reprimida significa muitas coisas. As implicações disso são muito grandes, porque há uma multidimensionalidade presente. Se sua criatividade for reprimida, sua ciência e o pensamento científico desaparecerão...

Se sua vida sexual estiver fluindo com alegria, você terá um enorme interesse por tudo o que está fazendo.

Na minha opinião, o sexo é a semente: o prazer. Se você permite que o sexo cresça de forma natural, que ele seja respeitado, valorizado, então há uma transformação, uma metamorfose. O sexo começa a se expandir em uma folhagem de arte, música, poesia, dança e mil outras dimensões criativas.

Ele é apenas a semente, ou as raízes, mas, se for sustentado, alimentado, irrigado, cuidado, então muitos galhos crescerão, muitas folhas surgirão, muitas folhas verdes se espalhando em todas as direções, dançando ao vento, na chuva, no sol... Esse é o mundo da arte, o mundo da estética. E se você permitir que o mundo da estética atinja seu pico mais alto, então as flores surgirão."

Nenhum comentário: