quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Sergio Fornasari...


"As vezes sou uma criança mimada,
por vezes, um adulto carente
seguindo a estrada.
Muitas vezes sorrindo para o mundo,
outras em um choro profundo.
Tem dias que sigo sozinho com minha dor,
outros entre a multidão distribuindo amor.
Algumas noite na solidão da cama,
pensando em quem amo.
Outras matando a saudade,
em um amor de verdade.
Mas sempre acreditando na vida,
mesma que por vezes sofrida.
Em busca dessa tal felicidade,
que sei que esta por ai na cidade!"

Um comentário:

Paty Lavir disse...

belo poema.
Nunca mais tinha lido bons poemas :)