quinta-feira, 26 de julho de 2012

Flor da noite...


Dorme, tudo dorme

Sobre o mundo cai o véu
Veste o infinito
Véu da noite, cai do céu
Se outro alguém te lembrar de nós dois
Não diz prá esse alguém
O que passou e ficou prá depois
Seja o que for além
De mim
Ninguém
Assim


Sonha, tudo sonha

O universo vai ao léu
Verso do meu sonho
Flor da noite, carrossel




Se outro alguém te lembrar de nós dois
Não diz prá esse alguém
O que passou e ficou prá depois
Seja o que for além
De mim
Ninguém
Assimmmmmmmm 

(Nana Caymmi)

Nenhum comentário: